Dicas de Cartão de Crédito

  • A primeira dica e a mais importante é ter controle total sobre seus gastos de Cartão de Crédito. Parece óbvio, mas muitas pessoas não conseguem visualizar o montante total gasto em seu cartão e acabam deixando que seus gastos tornem-se uma "bola de neve".

  • Realmente o fato de possuir crédito facilitado é muito tentador. Porém, é apenas uma ilusão achar que o fato de ter crédito significa poder usá-lo sem qualquer medida estratégica, já que os gastos serão cobrados do titular.  No caso de dívidas atrasadas, as taxas cobradas pelas emissoras de Cartão de Crédito podem tornar-se uma dor de cabeça.

  • Assim, fique atento para os seguintes pontos preventivos antes de pedir seu artão de Crédito:

  • Pague sempre a fatura de seu Cartão em dia para evitar juros de atrasos. A taxa de juros usada na rolagem de dívidas do cartão é das mais altas praticadas hoje em dia no mercado;

  • Prefira os cartões que não cobram anuidade no primeiro ano, e dão desconto para as anuidades dos demais cartões. Algumas opções do mercado chegam a ser totalmente isentas de anuidade;

  • Escolha uma data de vencimento do cartão próxima do dia de recebimento de seu salário para facilitar seu controle orçamentário;

  • Tenha sempre controle do quanto já gastou em seu cartão;

  • Não aceite um limite de crédito muito acima de suas possibilidades de pagamento;

  • Faça o orçamento de seu cartão com base em sua renda mensal;

  • Outra boa dica é conhecer e saber administrar os benefícios concedidos pelas administradoras de Cartão de Crédito. Muitas empresas emissoras oferecem programas diferenciados para atrair os consumidores ou criar uma identidade com eles.

  • A maioria das emissoras concede, por exemplo, bônus de milhas para passagens aéreas. Ou seja, suas compras podem ser revertidas, sempre através de um coeficiente de conversão, em descontos e bônus para compras de passagens aéreas.

  • Além de cartões com benefícios em milhas também existem diversas outras maneiras de atrair públicos diversos, como descontos em produtos e serviços, facilidades em viagens nacionais e internacionais, premiações, entre outros.

  • No que confere ao uso e conservação do Cartão de Crédito, lembre-se:

  • Fique atento ao uso no estabelecimento comercial. O ideal é não perder o cartão de vista;

  • Confira se o cartão devolvido é mesmo o seu cartão;

  • Verifique se o valor da fatura está correto antes de confirmar ou assinar;

  • Cuidado com sua senha do cartão, que não deve ser fornecida para ninguém;

  • Cuidado ao guardar o cartão em ambientes que possam riscar a tarja magnética, contatos com campo magnético, aparelhos eletrônicos, calor e locais que possam amassá-lo;

  • Nunca assinar um comprovante em branco ou muito apagado;

  • Procure pagar suas contas e usar dinheiro ou débito automático no seu dia-a-dia, deixando o cartão de crédito apenas para parcelamentos maiores e compras cujo o prazo até a próxima fatura seja vantajoso;

  • Senhas numéricas facilmente identificáveis, como data de nascimento, número do telefone, CPF, entre outros;

  • A melhor maneira é sempre ter referências a respeito da empresa, conferir reclamações no PROCON e sites especializados na internet, como o buscape.com.br, e verificar se existem certificações de segurança instaladas nas lojas virtuais.